terça-feira, 16 de outubro de 2012

Mais um … - by Renata Vanzetto

   A gente apaga uma vela num suspiro forte, fazendo um pedido para ela.
   Corta uma fatia de bolo, enche os olhos de alegria da primeira pessoa que recebe esse tal pedaço.
   Batem palmas, num tom quase agudo e desgovernado , sua cara de nada não tem onde enfiar.
   E as pessoas , que nesse dia , chamamos de convidados, continuam a cantar, uma música sem sentido, que diz nada, e diz muito, é hora, é hora, é hora , Rá – Tim – Bum.
   Talvez você ganhe alguns presentes, talvez não.
   Uns cartões clichês nunca faltam, com um mero feliz aniversário.
   Você sorri, agradece.
   A vela se apaga, o bolo acaba, as bexigas murcham, a coca já está sem gás... está na hora de ir embora.
   Eles vão, você fica.
   Você e mais um ano de vida.
   Nós estamos envelhecendo e em paralelo a isso o mundo, a vida, os sonhos também envelhecem.
   Está bem, não vou ser tão pessimista, eu e minha mania de por tristeza e drama nas coisas.
   Vai que seja um ano de muita paz, muita luz, o que mais que nos desejam?
   Ah muito dinheiro, muito amor, saúde né?
   Assim esperamos todos, mesmo que nunca seja, assim, esperamos todos...
   Ainda temos a esperança de um mundo melhor, uma vida melhor, mesmo que a paz seja algo já sem sentido, algo que não se encaixa nesse mundo de esquisito.
   Mas a cada aniversário recebemos esses tantos desejos de tantos convidados e por algum milésimo de segundo, sorrimos, respiramos fundo, agradecemos e acreditamos.
   Esse ano vai ser o ano.
   Tem quem não sonhe tanto, e só agradeça por mais um ano.
   Tudo é tão vulnerável, frágil, é como o sopro na vela, a chama que se apaga na última palma de um parabéns.
   É a tal da vida, que se apaga num piscar de olhos.
   Não acaba, se transforma, assim como o fogo em fumaça.
   Só não sabemos no que...
   Então comemoramos mais um ano de vida.
   Parabéns para você, parabéns para mim, nós ainda estamos aqui.
   Isso é uma batalha vencida.
   Que eu tenha muitos anos de vida, e essa data querida se repita para mim.
   Quero muita felicidade, de novo... eu quero muitos anos de vida.
Rá- Tim – Bum! Renata, Renata, Renata…
by Renata Vanzetto
Feliz Aniversrio !!!